supercharger

Dúvidas sobre tuning
Regras do Fórum
Para saber como postar imagens entre aki: viewtopic.php?f=19&t=2449&p=5872#p5872

supercharger

Mensagempor lucianofrancisconi » Qua Jul 03, 2013 2:27 pm

alguem ja colocou?to pensando em por no meu.
o que preciso fazer no motor para instalar
ainda estou precisando de um capo preto,ajuda ae galera!!
lucianofrancisconi
Amigo
Amigo
 
Mensagens: 22
Idade: 45
Registro: 23/06/2012
Localização: socorro-sp
MX-3: 1.6 16v DOHC
Cor do MX-3: Preto - Brilliant Black - PZ

Re: supercharger

Mensagempor mxsilver » Qua Jul 03, 2013 4:37 pm

Isso tbm já me passou pela cabeça, uma ideia é vc comprar outro coletor de admissão (ou usar o seu mesmo) e fazer um desvio para o compressor antes das saídas para o cabeçote e depois de todas as saídas de vácuo do coletor, depois do compressor faz uma entrada para o cabeçote. Um bom torneiro faz isso, assim o coletor e o compressor ficam uma peça única e já fica bem próximo do alternador com acesso as correias e o melhor é que dessa forma todo o sistema de vácuo do carro vai funcionar como original. ;)
Avatar de usuário
mxsilver
Amigo
Amigo
 
Mensagens: 42
Idade: 34
Registro: 21/06/2013
Localização: SC
MX-3: 1.6 16v DOHC
Cor do MX-3: Prata - Silver Stone Metallic - 3L

Re: supercharger

Mensagempor drigz » Qua Jul 03, 2013 7:54 pm

Já que tocou no assunto.. Vamos lá!
O mais adequado para o mx 1.6/1.8 é o Eaton M45. Nem pense em M24 que não vai mudar praticamente nada
O esquema de ligação do supercharger é um pouco diferente do que nos turbos.

Geralmente em carro turbo a sequencia é:
Filtro->MAF(no caso da injeção original)->Turbina->Intercooler(opcional)->Borboleta->Coletor->Motor

E em superchargers:
Filtro->MAF(no caso da injeção original)->Borboleta->Supercharger->Intercooler(opcional)->Coletor->Motor

O ideal para se instalar o charger no mx e colocando ele em cima do coletor, como já foi dito anteriormente. Eu acredito que seja possivel "abrir o coletor" no meio e fazer uma flange para fixar o supercharger, assim ficando mais fácil o acesso a polia do motor. Ficaria algo parecido com o MX-5 abaixo:
Imagem

O supercharger também pode ser fixado em outro local do motor e fazer uma tubulação para que o ar chegue ao coletor de admissão. Basta fazer uma flange no local que originalmente ficava o TBI no coletor e puxar a tubulação de ar até lá, mas aí seria difícil encontrar um local que de para fixa-lo com fácil acesso as polia do motor. Ficaria parecido com a imagem abaixo:
Imagem

Ao contrario de motores turbo, em superchargers a pressão desejada não é regulada por válvula, mas sim pela relação das polias, que dificilmente será encontrada alguma no diametro e com a furação desejada, restando então a recorrer a um torneiro para confeccionar uma.

Em alguns motores com supercharger (digo os que vem de fabrica) possuem uma válvula "by-pass" para que o ar não tenha que passar pelos rotores em baixas rotações atrapalhando o fluxo de ar, mas acredito que só seria necessário após fazer toda a instalação e detectar alguma anormalidade no funcionamento em baixas rotações.

Agora a parte mais "chata". Geralmente em todos os motores, os bicos são projetados com vazão "um pouco a mais do que o necessário" para que o bico não trabalhe saturado ficando 100% aberto em alguns regimes de funcionamento do motor, portando seria interessante colocar bicos de maior vazão bicos extras com um controlador para bico suplementar ou uma injeção programável, no caso de desejar uma maior potencia.

Colocar um regulador de pressão de combustível para que a pressão aumente de acordo com a pressão do supercharger funciona,mas é um modo meio "generico" de se fazer, visto que uma pressão maior do que a nominal os bicos deixe seu "leque" prejudicado, deixando de pulverizar o combustível e passando a "mijar" ele, também correndo o risco dos bicos travarem e não dando uma boa precisão do acerto..

Além da injeção de combustível também vale considerar que o ponto de ignição deveria ter menos avanço conforme aumento de temperatura do ar e aumento da pressão, evitando assim pré-detonação, quebra de canaletas dos pistões, etc...

Para fazer tudo isso recomendo que troque a injeção original por uma programável, mas caso não deseje ir muito longe na cavalaria, manter a original com uns bicos de maior vazão e "ver no que dá", nesse caso empregando o regulador citado anteriormente.

Resumindo.
Para um supercharger com pouca pressão, motor original sem nada forjado, com aumento de uns 30%~40% de potência acredito que de para manter a ECU original e não ter muitos custos.
Agora se desejar mais que isso.. Aí o prepare o bolso :)

Espero ter esclarecido as principais duvidas e também que eu não esteja errado. Caso tenham alguma dúvida relacionada ao assunto e que seja de meu conhecimento pode mandar que terei o maior prazer em responder..
Um grande abraço a todos
Avatar de usuário
drigz
Amigo
Amigo
 
Mensagens: 223
Idade: 26
Registro: 22/12/2011
Localização: São Carlos-SP
MX-3: 1.6 16v DOHC
Cor do MX-3: Branco - Chaste White - PT

Re: supercharger

Mensagempor mx3 português » Seg Jul 15, 2013 12:13 pm

drigz escreveu:Já que tocou no assunto.. Vamos lá!
O mais adequado para o mx 1.6/1.8 é o Eaton M45. Nem pense em M24 que não vai mudar praticamente nada
O esquema de ligação do supercharger é um pouco diferente do que nos turbos.

Geralmente em carro turbo a sequencia é:
Filtro->MAF(no caso da injeção original)->Turbina->Intercooler(opcional)->Borboleta->Coletor->Motor

E em superchargers:
Filtro->MAF(no caso da injeção original)->Borboleta->Supercharger->Intercooler(opcional)->Coletor->Motor

O ideal para se instalar o charger no mx e colocando ele em cima do coletor, como já foi dito anteriormente. Eu acredito que seja possivel "abrir o coletor" no meio e fazer uma flange para fixar o supercharger, assim ficando mais fácil o acesso a polia do motor. Ficaria algo parecido com o MX-5 abaixo:
Imagem

O supercharger também pode ser fixado em outro local do motor e fazer uma tubulação para que o ar chegue ao coletor de admissão. Basta fazer uma flange no local que originalmente ficava o TBI no coletor e puxar a tubulação de ar até lá, mas aí seria difícil encontrar um local que de para fixa-lo com fácil acesso as polia do motor. Ficaria parecido com a imagem abaixo:
Imagem

Ao contrario de motores turbo, em superchargers a pressão desejada não é regulada por válvula, mas sim pela relação das polias, que dificilmente será encontrada alguma no diametro e com a furação desejada, restando então a recorrer a um torneiro para confeccionar uma.

Em alguns motores com supercharger (digo os que vem de fabrica) possuem uma válvula "by-pass" para que o ar não tenha que passar pelos rotores em baixas rotações atrapalhando o fluxo de ar, mas acredito que só seria necessário após fazer toda a instalação e detectar alguma anormalidade no funcionamento em baixas rotações.

Agora a parte mais "chata". Geralmente em todos os motores, os bicos são projetados com vazão "um pouco a mais do que o necessário" para que o bico não trabalhe saturado ficando 100% aberto em alguns regimes de funcionamento do motor, portando seria interessante colocar bicos de maior vazão bicos extras com um controlador para bico suplementar ou uma injeção programável, no caso de desejar uma maior potencia.

Colocar um regulador de pressão de combustível para que a pressão aumente de acordo com a pressão do supercharger funciona,mas é um modo meio "generico" de se fazer, visto que uma pressão maior do que a nominal os bicos deixe seu "leque" prejudicado, deixando de pulverizar o combustível e passando a "mijar" ele, também correndo o risco dos bicos travarem e não dando uma boa precisão do acerto..

Além da injeção de combustível também vale considerar que o ponto de ignição deveria ter menos avanço conforme aumento de temperatura do ar e aumento da pressão, evitando assim pré-detonação, quebra de canaletas dos pistões, etc...

Para fazer tudo isso recomendo que troque a injeção original por uma programável, mas caso não deseje ir muito longe na cavalaria, manter a original com uns bicos de maior vazão e "ver no que dá", nesse caso empregando o regulador citado anteriormente.

Resumindo.
Para um supercharger com pouca pressão, motor original sem nada forjado, com aumento de uns 30%~40% de potência acredito que de para manter a ECU original e não ter muitos custos.
Agora se desejar mais que isso.. Aí o prepare o bolso :)

Espero ter esclarecido as principais duvidas e também que eu não esteja errado. Caso tenham alguma dúvida relacionada ao assunto e que seja de meu conhecimento pode mandar que terei o maior prazer em responder..
Um grande abraço a todos


aí drigz tudo bem? já vi que você entende do assunto da uma saltada ao meu topico «mx3 compressor eaton m45» e diz o que você acha! queria meter o meu com 250hp acha que aguenta? eu vou manter a injeção original só vou trocar os injectores mandei vir uns do USA do mazda millenia S supercharger! o que você acha? abraço
Avatar de usuário
mx3 português
Amigo
Amigo
 
Mensagens: 144
Idade: 31
Registro: 07/01/2013
Localização: portugal
MX-3: 1.8 V6 24v DOHC
Cor do MX-3: Amarelo

Re: supercharger

Mensagempor Lavorenti » Seg Out 08, 2018 1:09 am

E tem noticia de algum MX-3 com um Eaton M45 instalado ? ou talvez um twin turbo ? Pois estou pensando em um projeto assim para o MX-3
Avatar de usuário
Lavorenti
Amigo
Amigo
 
Mensagens: 6
Idade: 48
Registro: 12/05/2014
Localização: Mooca - São Paulo / SP
MX-3: 1.6 16v DOHC
Cor do MX-3: Vermelho - Blaze Red - SQ

Re: supercharger

Mensagempor Paulo » Ter Out 09, 2018 12:13 pm

Lembro de alguém aqui que turbinou. Dê uma procurada nos posts.
Avatar de usuário
Paulo
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 968
Idade: 54
Registro: 07/06/2008
Localização: Rio de Janeiro/RJ
MX-3: 1.8 V6 24v DOHC
Cor do MX-3: Cereja - Raspberry Metallic - 6V


Retornar para Tuning

Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 1 visitante

cron