Welcome to MX-3 Zone Brasil - Clube do Mazda!

     Menu
O Clube
    · Home
    · FORUM
    · Bate Papo
    · Zone na Mídia
    · Matérias
    · Curiosidades
    · Membros [77]
    · Classificados
    · Dicas
    · Manut. Preventiva
    · Galeria de Fotos
    · Adesivos
    · Links
    · Downloads
    · WallPapers
    · YouTube
    · Grupo de Email
    · RSS
    · Sobre
Outros
    · Lojas Parceiras
    · Parceiros


Clube do Mazda :: Dicas

Troca dos Discos de Freio

Aprenda a trocas os Discos de freio do MX3, feito por diego_rj


Troca dos Discos de Freio

Sistema: Dianteiro

Automóvel: Mazda MX-3 1.6 16V 1997

Pessoal! Espero que seja útil...
Tentei ser o mais didático possível!
E não reparem o carro sujo, a casa está em obra e é poeira pra tudo que é lado, amanhã vou dar um banho nele.

Para começar, soltar a roda normalmente como para trocar um pneu furado, a novidade é que como vamos executar uma operação um pouco mais demorada e vamos manusear ferramentas com o carro no alto, por segurança, devemos apoiar o carro em um dispositivo chamado comumente de Preguiça (ao lado do Macaco)



Na foto seguinte o conjunto disco de freio, pinça de freio e pastilhas.



Após soltar a roda, devemos localizar as presilhas das pastilhas de freio. São duas presilhas, uma frontal e outra lateral. A frontal (maior em forma de V) deve ser solta dos orifícios da pastilha onde está fixada com o auxílio de um alicate de bico (foi a melhor forma que encontrei e me adaptei a fazer o procedimento). A lateral deve ser solta também com um alicate de bico, primeiro a parte inferior e após a superior.



Após esse procedimento, os pinos que seguram as pastilhas já sairão facilmente com o auxílio de um alicate, ou até mesmo com a mão. Retire os dois, e guarde junto com as presilhas (melhor agrupar para não ficar bagunçado). A presilha em forma de V também ficará livre para ser retirada nessa hora, visto que ela "abraça" o pino retentor superior da pastilha.



Em seguida com uma chave de boca ou sextavada (no meu caso é nº 14) afrouxar os dois parafusos que fixam a pinça. São dois parafusos um em cima e outro embaixo, por trás da pinça. Após os dois estarem frouxos, segurar a pinça com uma das mãos e com a outra terminar de tirar os parafusos. Nessa etapa deve-se cuidar para não deixar a pinça ficar pendurada pelo mangote de fluido de freio pois pode danificar a conexão do mesmo com a pinça, outro cuidado é não deixar as pastilhas de freio caírem, para evitar trincas ou pancadas desnecessárias do material.



Em seguida retire a pinça. As pastilhas reserve em um local a parte e a pinça apóie ao lado da coifa da homocinética para não ficar pendurada.



Um close do disco novo e, ao fundo, como relatei em outro tópico os Amortecedores Monroe Sensatrak (ótimos por sinal).



Os parafusos que fixam a pinça. O maior é o superior e o menor o inferior.



Retire o disco antigo e coloque o novo no lugar. Após posicione a pinça e prepare-se para a remontagem. Com o novo disco já no lugar, posicione a pinça e insira o parafuso fixador superior, dê as primeiras voltas para parafusar com a mão e deixe-o apontado no local. Igualmente para o parafuso fixador inferior.



Com a pinça no lugar e os parafusos apontados recoloque as pastilhas de freio, nessa hora, às vezes é necessário utilizar uma ferramenta para retroceder o êmbolo da sapata de freio para que a pastilha possa entrar (esse procedimento, se necessário, deve ser executado com extremo cuidado), visto que o espaço diminui pois o disco de freio não possui as diferenças de espessura geradas pelo desgaste. Para colocar as pastilhas vai do freguês, uns colocam primeiro a que fica apoiada no êmbolo e em seguida a outra e outros executam o procedimento contrário.



Com as duas pastilhas já no local, não esquecer que os parafusos que fixam a pinça de freio estão só apontados.



Para finalizar o procedimento. Recoloque as presilhas das pastilhas da seguinte forma. Aponte o pino de fixação superior em seu local e posicione a presilha em forma de V de forma que quando empurrar o pino ele passe pela presilha fazendo com que ela fique presa. Outro cuidado é para que os orifícios no corpo dos pinos superior e inferior fiquem posicionados de forma a permitir que depois seja fixada a presilha lateral (a recolocação das presilhas pode ser executada com o auxílio do alicate de bico). Tendo fixado os dois pinos e as presilhas, seguiremos para o aperto dos parafusos de fixação da pinça de freio, cuide para que fiquem bem apertados os dois parafusos fixadores. Feito isso, está pronto e basta colocar a roda no lugar. O procedimento é o mesmo para as duas rodas.



O disco velho, reparem nos sulcos que ficaram devido ao uso.



Mais uma dos discos velhos.




Pessoal, volta e meia, meu pai e eu atacamos de mechânico. caso exista alguma dúvida ou insegurança não hesite em levar seu vaículo ao mecânico, ele é a pessoa mais indicada para reparos em seu veículo. Esta matéria é visando o pessoal que como meu pai e eu gostamos de mecânica automotiva.
Mesmo que os amigos não executem, pelo menos dá uma idéia do que se esperar para troca de discos quando levarem seus MX-3 nas oficinas por aí.

Abraços,
Diego













Site melhor visualizado em 1024 X 768, ou maiores!
www.MX3ZONE.com - Clube do Mazda
O lugar de todos os MAZDAs do Brasil